15 de dezembro – Dia do Arquiteto

15/12/2013 00:00:10
15 de dezembro – Dia do Arquiteto
Tendência de apartamentos menores é desafio para os profissionais da área

Hoje, 15 de dezembro, é o Dia do Arquiteto e Urbanista e a data corresponde ao nascimento de Oscar Niemeyer, um dos maiores arquitetos do Brasil, em 1907.

Atualmente o mercado imobiliário tem lançado apartamentos cada vez menores e o docente do curso de Arquitetura e Urbanismo do FIAM-FAAM Centro Universitário, Prof. Marcelo Hamilton Sbarra, comenta essa nova tendência e os desafios que os arquitetos enfrentam ao projetar esses espaços.

De acordo com o docente, o mercado imobiliário em São Paulo possui vários segmentos, desde os voltados para apartamentos com preços mais acessíveis até os de altíssimo luxo. “O preço do metro quadrado – em especial nas regiões centrais – acaba sendo um fator importante no momento em que as construtoras definem a qual público destinarão determinado empreendimento”, destaca o professor que afirma que os imóveis de metragem reduzida têm sido uma das tendências do setor. “Os apartamentos de até 50m² estão realmente sendo bastante procurados, pois se destinam a um público variado, desde solteiros a recém casados que buscam o seu primeiro apartamento ou mesmo pessoas que compram com o intuito de investir”.

Sbarra elenca alguns dos desafios que os arquitetos enfrentam ao projetar essas moradias. “Os apartamentos devem possuir flexibilidade de layout, em geral as paredes internas são projetadas em dry-wall o que permite que sejam derrubadas com mais facilidade em uma possível reforma, aumentando a área de quartos ou salas de acordo com a necessidade do cliente”. Segundo o docente as únicas paredes “fixas” são as das áreas molhadas, como cozinha e banheiros.

Ele alerta sobre a importância da contratação de um profissional para operar as modificações no local. “É importante salientar que toda e qualquer reforma deve ter um arquiteto responsável que irá avaliar a possibilidade de tais arranjos e fará um projeto próprio que tem que ser aprovado na Prefeitura”.

Para garantir a funcionalidade dos ambientes em espaços reduzidos é essencial respeitar as medidas mínimas de conforto e as relacionadas à legislação municipal e às demais normas. “Cada centímetro quadrado é pensado de forma a tornar o empreendimento o melhor possível para o usuário. No caso de reformas, essa preocupação torna-se personalizada, ou seja, o projeto é feito especificamente para atender as necessidades desse cliente”, destaca Sbarra.

No curso de Arquitetura e Urbanismo do FIAM-FAAM Centro Universitário o estudante aprende com professores atuantes no mercado sobre as tendências e as tecnologias mais atuais do setor. “Nesse contexto o aluno aprende que o trabalho do arquiteto não é só pensar e planejar os espaços – sejam eles residenciais, comerciais, institucionais etc. Ele é um profissional que atua em várias escalas, desde o detalhamento de um mobiliário até a concepção de planos urbanísticos”, ressalta o docente.

O professor lembra a importância do trabalho da área. “É uma profissão bastante rica e que depende de muita dedicação. Esse amor ao nosso ofício é o que procuro passar a todos os meus alunos”, finaliza Sbarra.

Para saber mais sobre a carreira e o curso, acesse:
http://www.portal.fiamfaam.br/curso/18/0/arquitetura-e-urbanismo.aspx.

link: www.portal.fmu.br/noticias/3567/15-de-dezembro-dia-do-arquiteto.aspx

ANÚNCIO

You might also like